Sola Fide – Série 5 Solas

No dia 31 de Outubro de 1517, o monge agostiniano Martinho Lutero dava inicio a um marco da historia cristã, fixando as 95 teses na porta da igreja de Wittenberg ele iniciava ali a Reforma Protestante, se opondo á vários pontos da Igreja Católica Romana, mas que se referenciava pela justificação pela fé (Romanos 1.17) e não pelas indulgências como os católicos diziam ser.

Com o avanço da reforma protestante e dos estudos foram levantados 5 pilares desta reforma, que ficaram conhecidos como as 5 Solas.

Mas o que são essas 5 Solas ? Vejo que muitos cristãos desconhecem esses conceitos primordiais da fé cristã reformada, e resolvi escrever uma série de artigos explicando cada uma! (Aproveite e envie este estudo para alguém que você sabe que precisa entender sobre este assunto.)

As 5 Solas são:

  • Sola Fide (Somente a Fé)
  • Sola Gratia (Somente a Graça)
  • Solus Christus (Somente Cristo)
  • Sola Scriptura (Somente as Escrituras)
  • Soli Deo Gloria (Somente a Deus á Gloria)

Pois bem, iniciaremos com Sola Fide.

SOLA FIDE

A Reforma prostestante se iniciou quando Martinho Lutero lendo Romanos no capítulo 1 e no verso 17 viu que o homem viveria pela fé, e não pelas obras, nem por indulgências ,nem por dízimos , nem por ofertas de sacrifício, nem por penitências! É UNICAMENTE pela Fé, e a Fé em Jesus Cristo.

A Igreja católica afirmava que para ser justificado o homem além da Fé, ele deveria ter as obras,ou seja, o sacrifício de Cristo não é suficiente. Eles ignoravam as Escrituras e faziam das suas próprias leis a regra para ser justificado no Reino dos Céus.

Deus o ofereceu como sacrifício para propiciação por meio da fé, pelo seu sangue, proclamando a evidência da sua justiça. Por sua misericórdia, havia deixado impunes os pecados anteriormente cometidos; mas, no presente, demonstrou a sua justiça, a fim de ser justo e justificador daquele que deposita toda a sua fé em Jesus” (Romanos 3.25-26)

Mas a bíblia é inerrante e não nos deixa margem para a dúvida! Paulo combate de forma muito forte a justificação pela fé, como vimos nos versos acima.
Deixando bem claro que aquele que deposita sua Fé (não diz a oferta, nem o dizimo, nem penitência, nem indulgência) será justificado diante do Pai.

O Sola Fide é exatamente isso, justificação SOMENTE PELA FÉ! E há grande necessidade nos dias de hoje também dos cristãos entenderem isso, pois até hoje falsos profetas estão colocando indulgências camufladas na mente dos menos instruídos afirmando que sem fazer ou sem dar isso ou aquilo elas não serão salvas.

Mas nós sabemos que é somente pela fé no Filho do Deus Vivo que seremos vistos como justos.

E ficamos por aqui, no próximo artigo falaremos sobre o Sola Gratia. Não perca, compartilhe com seus amigos que tem duvida neste assunto e vamos juntos crescer na graça e no conhecimento.
Que Jesus abençoe.